Trump ordena revisão do levantamento de sanções contra Irã

Washington, 19 abr (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou uma revisão no levantamento das sanções contra o Irã em virtude do acordo nuclear de 2015, que Teerã cumpriu até esta data, informou na terça-feira o Departamento de Estado.

"O Departamento de Estado certificou que, em 18 de abril, o Irã está cumprindo com seus compromissos", adotados no pacto nuclear assinado em julho de 2015 com os EUA e outras cinco potências.

No entanto, o Departamento de Estado mostrou "preocupação" pelo papel, segundo ele, do Irã "como estado patrocinador do terrorismo", motivo pelo qual alertou ao Congresso da ordem de Trump "avaliar se continuar com o levantamento das sanções é de apoio à segurança nacional dos EUA".

"O Irã continua sendo um patrocinador de destaque do terrorismo através de muitos métodos e plataformas", afirmou o secretário de Estado, Rex Tillerson, em uma carta dirigida ao presidente do Congresso, Paul Ryan.

O pacto nuclear de 2015 significou o levantamento das sanções internacionais contra o Irã em troca do país limitar sua capacidade atômica e permitir o monitoramento de seu programa nuclear.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos