Policial egípcio morre em atentado no norte do Sinai

Cairo, 20 abr (EFE).- Um policial morreu nesta quinta-feira e um civil ficou ferido em um atentado contra um veículo policial na cidade de Al Arish, capital da província do Norte do Sinai(nordeste), informaram fontes oficiais.

O morto foi identificado como Ali Ahmed Abdel Hamid, de 20 anos, e o ferido, como Mahmoud Ibrahim al Said, de 47 anos, que foi levado ao hospital, segundo informou a agência oficial "Mena".

As Forças Armadas informaram hoje que mataram 19 supostos membros do ramo egípcio do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) em uma série de bombardeios no Norte do Sinai, cuja data não foi precisada.

Ontem, o primeiro-ministro Sherif Ismael declarou toque de recolher em várias zonas no norte e no centro da península de Sinai, uma medida que ainda tem que ser referendada pelo Parlamento e com a qual pretende enfrentar os grupos terroristas.

O toque de recolher começará às 19h local e se estenderá até 6h do dia seguinte.

O Egito declarou na semana passada estado de emergência em todo o país por causa dos atentados de Domingo nas igrejas coptas de Tanta e Alexandria, que causaram a morte de pelo menos 46 pessoas e no qual outras 100 ficaram feridas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos