Protestos contra resultado das eleições deixa 6 feridos em Paris

Em Paris

  • AP Photo/Kamil Zihnioglu

    Polícia joga spray de pimenta contra manifestantes antifacistas na França

    Polícia joga spray de pimenta contra manifestantes antifacistas na França

Seis pessoas ficaram feridas, entre elas três agentes das forças da ordem, nos protestos organizados em Paris contra o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais francesas, deixando também um saldo de 29 detidos, informou nesta segunda-feira (24) à Agência EFE a polícia local.

No total, os agentes controlaram cerca de 140 pessoas, mas só ficaram sob detenção 29 manifestantes.

As praças da Bastilha e da República foram palco dos manifestos contra a passagem para o segundo turno da ultradireitista Marine Le Pen e do social liberal Emmanuel Macron.

O chamado para a manifestação foi feito por movimentos antifascistas e anticapitalistas, que pretendiam montar "barricadas" para encenar sua rejeição a entrar no jogo dos políticos e sua vontade de construir "outro mundo".

O protesto foi convocado para as 18h (horário local, 13h em Brasília), duas horas antes do fechamento dos colégios eleitorais, e os distúrbios começaram quando as estimativas de voto apontavam para a vitória do ex-ministro de Economia e a líder da Frente Nacional.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos