Milícias xiitas matam 40 terroristas em ofensiva perto de Mossul, no Iraque

Mossul (Iraque), 26 abr (EFE).- As milícias pró-governo iraquiano, Multidão Popular, lideradas por xiitas, anunciaram nesta quarta-feira que mataram 40 terroristas do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) e libertaram 12 localidades nas últimas horas, em uma ofensiva lançada ontem a sudoeste de Mossul, no norte do Iraque.

Entre os combatentes abatidos há 18 estrangeiros que estavam preparados para cometer atentados suicidas, todos eles nos arredores da cidade histórica de Hatra, que é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, detalhou a Multidão Popular em comunicado.

Os milicianos destruíram nove carros-bomba, um posto de segurança dos terroristas, vários túneis e encontraram paióis de munição em outro posto.

A Multidão Popular iniciou ontem uma ofensiva chamada "Maomé, o Profeta de Deus" com a qual pretendem liberar 1.500 quilômetros quadrados de terreno nas comarcas de Sinjar, Hatra e Tel Afar, situadas a sudoeste e a oeste de Mossul, perto da fronteira com a Síria.

Nas operações participam nove brigadas da Multidão Popular, junto a forças adicionais dos alauitas (xiitas) e com o apoio da força aérea iraquiana.

O inimigo está "destruído" e os serviços de inteligência das milícias observaram a fuga dos combatentes do EI, de acordo com o comunicado.

A Multidão Popular também abriu corredores seguros para facilitar a fuga das famílias retidas pelos jihadistas e começou a remover as minas antipessoais das ruas das localidades que tomaram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos