Taiwan inicia exercícios militares cibernéticos simulando ataque chinês

Taipé, 1 mai (EFE).- O governo de Taiwan lançou nesta segunda-feira a primeira parte das manobras militares Han Kuang, com uma simulação cibernética que consiste na defesa perante um ataque chinês com três porta-aviões dotados de aviões furtivos, anunciou o Ministério da Defesa.

A simulação de guerra cibernética com a China se centrou em comprovar a capacidade de defesa de Taiwan em bombardeios, bloqueios e aterrissagens de aviões chineses na ilha.

A segunda parte da Han Kuang, que usará fogo real, acontecerá entre os dias 22 e 26, pela primeira vez com a participação do navio de guerra furtivo Tuo-Jiang (cujo desenho e pintura foram pensados para evitar os sistemas de radar), de fabricação local.

As manobras militares acontecem anualmente e simulam a defesa em um eventual ataque militar chinês. A China, que reclama a soberania de Taiwan, não abriu mão do uso da força para consguir o controle da ilha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos