Manifestações pelo Dia do Trabalho nos Estados Unidos terminam com 40 detidos

Washington, 2 mai (EFE).- Quarenta pessoas foram detidas em diversas manifestações convocadas por causa do Dia do Trabalhador, a mais numerosa em Portland, com 25 detenções por destruições e enfrentamentos entre polícia e manifestantes.

Os detidos na principal cidade de Oregon, três deles menores de idade, são acusados de desordem pública, distúrbios, incêndios provocados, vandalismo, roubos e agressões, segundo informou a polícia em comunicado.

O protesto, de cunho anarquista e que reuniu mil pessoas, desembocou em "distúrbios a grande escala" com "atos de vandalismo" contra comércios, veículos e propriedades públicas, além do lançamento de pedras, garrafas, foguetes, bengalas e bombas contra os polícias.

Os manifestantes também trataram de atear fogo em um comércio e causaram danos a um veículo policial, segundo esta versão.

No vizinho estado de Washington, as autoridades detiveram dez manifestantes na cidade de Olympia também por destruições e choques com a polícia.

Em Seattle, o saldo foi de cinco detidos, embora não haja registros de incidentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos