Conservador Borisov é investido pela 3ª vez como premiê da Bulgária

Sófia, 4 mai (EFE).- O político populista de direita Boiko Borisov foi investido nesta quinta-feira, pela terceira vez desde 2009, como primeiro-ministro da Bulgária, à frente de um governo de coalizão entre conservadores e a extrema direita.

O parlamento búlgaro transmitiu sua confiança a Borisov e seu governo por 134 votos a favor e 101 contra em uma Câmara de 240 cadeiras. A oposição socialista e o partido da minoria turca votaram contra.

O partido do novo premiê, o conservador Cidadãos pelo Desenvolvimento Europeu da Bulgária (GERB, sigla em búlgaro), ganhou as eleições antecipadas de 26 de março, mas não atingiu uma maioria suficiente, por isso formou uma coligação com a extrema direita dos Patriotas Unidos.

O GERB tem 90 cadeiras e, junto com os Patriotas Unidos, uma aliança de três partidos com discurso xenófobo e eurocético, a coligação tem uma maioria apertada de 122 deputados.

Borisov renunciou em novembro do ano passado depois que sua candidata presidencial, Tsetska Tsacheva, perdeu para o ex-general Rumen Radev, um político independente que recebeu o apoio do Partido Socialista.

O novo governo tem no total 21 integrantes, entre eles três ministros sem pasta, entre os quais figura um dos líderes da extrema direita, Valeri Simeonov, que será o vice-primeiro-ministro responsável por Economia e Política Demográfica.

O outro líder ultranacionalista, Krasimir Karakachanov, será o vice-primeiro-ministro responsável pela Segurança Nacional e também ocupará o Ministério da Defesa.

O GERB de Borisov controlará os principais ministérios exceto o da Defesa, e entre os quais estão Relações Exteriores, Finanças, Energia, Justiça, Interior, Fomento e Fundos Europeus.

Em meados de abril, conservadores e ultranacionalistas chegaram a um pacto de coligação e, entre os principais pontos de seu programa, se destaca a permanência na União Europeia e na Otan, a luta contra a imigração irregular e uma mudança na política de refugiados comunitários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos