Netanyahu acredita em mudança rumo à paz após encontro entre Abbas e Trump

Jerusalém, 4 mai (EFE).- O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, mostrou confiança nesta quinta-feira em uma mudança rumo à paz relacionada com as negociações com os palestinos após o encontro entre Mahmoud Abbas e Donald Trump ontem em Washington.

"Desejo debater com o presidente Trump as melhores opções para avançar para a paz", disse hoje Netanyahu durante uma reunião com o primeiro-ministro da Romênia, Sorin Grindeanu, que realiza uma visita oficial a Israel.

"Espero que seja possível alcançar uma mudança e perseguir uma paz autêntica", disse em suas primeiras declarações depois do encontro entre os dois governantes na Casa Branca.

Netanyahu sugeriu que o presidente palestino mentiu quando assegurou que "os palestinos ensinam a paz a seus filhos".

"Escutei o presidente Abbas ontem dizer que os palestinos ensinam a paz a seus filhos. Isso infelizmente não é verdade. Eles nomeiam os colégios com os de assassinos em massa e pagam terroristas", disse Netanyahu sobre as declarações do líder da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

Não obstante, o líder israelense assegurou que "Israel está sempre pronto" (para iniciar as negociações de paz). "Sempre estou pronto para uma paz autêntica".

"Isto é algo que compartilhamos ferventemente com o presidente americano", sentenciou.

Trump e Abbas mantiveram ontem na Casa Branca seu primeiro encontro oficial no qual o presidente dos EUA se ofereceu como "mediador" em futuras conversas diretas entre israelenses e palestinos.

Já Abbas pediu ao governante americano o fim da "ocupação" de Israel nos territórios palestinos e reiterou que qualquer acordo tem que incluir a chamada "solução de dois Estados" sobre as fronteiras de 1967.

As negociações de paz fracassaram pela última vez em abril de 2014, sob o mandato do ex-presidente Barack Obama, e desde então estão completamente bloqueadas.

O encontro entre Abbas e Trump sobre uma possível reativação ocorre com um dos governos mais nacionalistas da história de Israel que impulsionou a construção de colônias em território palestino desde a chegada de Trump ao Executivo dos EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos