Macron aumenta sua vantagem nas pesquisas após debate na televisão

Paris, 5 mai (EFE).- O candidato social liberal à Presidência da França, Emmnauel Macron, aumentou sua vantagem nas sondagens com a ultradireitista Marine Le Pen após o debate entre ambos na televisão na quarta-feira, segundo as pesquisas publicadas hoje, no último dia da campanha eleitoral.

De acordo com uma sondagem encomendada pela televisão "BFMTV" e feita ontem, quinta-feira, um dia depois do debate, Macron ficaria com 62% dos votos, três pontos mais que no último estudo realizado na terça-feira, véspera do debate.

Aos 24% de votos que teve no primeiro turno, Macron somaria 45% dos que votaram no conservador François Fillon, 54% dos que o fizeram o candidato de esquerda Jean-Luc Mélenchon, e 72% de quem apoiou o socialista Benoît Hamon.

Marine, que obteve 21,3% dos votos no dia 23 de abril, ficaria com 38% no próximo domingo, graças a que obteria 32% dos votos de Fillon, 14% dos de Mélenchon e 7% dos de Hamon.

Outra pesquisa, apresentada pela radiotelevisão pública, prevê 61,5% de votos para Macron, uma progressão de 2,5 pontos em relação ao começo da semana.

Os institutos de pesquisa que realizaram as sondagens apontaram que antecipam queda da participação se se comparar com o primeiro turno. A primeira sondagem a situa em 68%, dez pontos menos que no primeiro turno, e a segunda em 76%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos