No Brasil, Mujica diz que revolução digital é uma nova forma de ditadura

São Paulo, 5 mai (EFE).- O ex-presidente do Uruguai José Mujica afirmou nesta sexta-feira, em São Paulo, que a revolução tecnológica é uma nova forma "ditadura" que as pessoas aderem de maneira inconsciente, mas que acaba dominando as decisões em nível mundial.

"A digitalização é o novo auge da dominação sem a necessidade de militarização. É a ditadura na qual você entra sem se dar conta e que domina suas decisões", disse Mujica na abertura de um congresso do Partido dos Trabalhadores (PT) na capital paulista.

Mujica acompanhou nesta sexta-feira o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, líderes do PT e representantes de organizações sociais e sindicais na abertura do congresso.

Em seu discurso, Mujica afirmou que a sociedade vive atualmente sob a "ameaça da dominação digital", já que é possível estabelecer o perfil psicológico de milhares de pessoas pela internet e enviar para cada uma delas mensagens personalizadas.

Para o ex-presidente uruguaio, as novas tecnologias digitais estabelecem um "nível de dominação que jamais alguma ditadura no mundo possuiu, já que garante a possibilidade de entrar na consciência das pessoas".

Mujica disse que as novas gerações terão que lutar contra isso e também contra a maciça robotização do trabalho.

"Essa técnica está sendo aplicada em toda a América Latina. Contra todas essas armadilhas, cuidem da ferramenta do partido. As pessoas precisam de partidos, de força coletiva", avaliou.

Nesse sentido, o ex-presidente uruguaio pediu ao povo brasileiro que se una aos demais trabalhadores latino-americanos porque essa é uma batalha de todo o continente. "O Brasil sozinho não pode e os demais latino-americanos não podem sem o Brasil", destacou.

Mujica alertou que a luta será longa e não pode estar baseada no ódio. "Isso é o que espera a direita fascista, que procura exatamente a confrontação para esmagar os direitos sociais".

Os dois ex-presidentes lancharam juntos antes do evento. Já no congresso, foram recebidos sob aplausos no auditório do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos