Polícia turca prende 12 supostos membros do Estado Islâmico

Istambul, 5 mai (EFE).- A polícia da Turquia prendeu nesta sexta-feira 12 supostos membros do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na província de Adana, a 150 quilômetros da fronteira com Síria.

A operação contou com o apoio das forças antiterroristas da polícia, que foi até as casas dos suspeitos, informou o jornal "Hurriyet" através de seu site.

Cinco dos detidos são de nacionalidade turca, cinco sírios e dois iraquianos.

Nos últimos dez dias, a polícia deteve 43 supostos membros do EI, de acordo com informações do Ministério do Interior.

Sob o estado de emergência, instaurado após a tentativa de golpe de estato, os detidos podem passar uma semana sob custódia, antes de serem acusados de um crime ou colocados em liberdade, embora em casos de suspeita de terrorismo, este prazo pode ser prorrogado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos