Desativação de várias bombas da 2ª Guerra causa evacuação em Hannover

Berlim, 7 mai (EFE).- Cerca de 50 mil moradores da cidade alemã de Hannover se viram obrigados neste domingo a abandonar suas casas por segurança para que equipes de especialistas desativem várias bombas da Segunda Guerra Mundial encontradas sob a terra durante obras.

Após suspeitar da presença de até 13 projéteis e sondar o terreno, as autoridades locais acreditam que pode haver finalmente cinco bombas no bairro de Vahrenwald e mantiveram um amplo perímetro de segurança projetado no final de abril.

As autoridades de Hannover pediram a todos os moradores que estivessem prontos para deixar a área às 9h (horário local, 4h em Brasília), embora na sexta-feira algumas das pessoas mais velhas e incapacitadas residentes nessa área já tinham começado a sair do local.

Trata-se da segunda maior evacuação organizada na Alemanha desde a Segunda Guerra Mundial, depois da realizada no Natal passado em Augsburgo, quando 54 mil pessoas foram desalojadas para desativar uma bomba britânica.

Na área de segurança delineada em Hannover pelos especialistas em bombas estão estabelecimentos de todo tipo, desde sete asilos, centros para pessoas dependentes e uma clínica, até uma fábrica de pneus e uma central da polícia.

Como muitas outras cidades alemãs, Hannover foi alvo das bombas aliadas durante a II Guerra Mundial e se estima que somente na noite de 9 de outubro de 1943 as forças áreas britânicas tenham lançado 261 mil projéteis sobre a cidade.

Periodicamente, sobretudo em escavações para realizar obras, são detectados projéteis que não chegaram a explodir.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos