Le Pen parabeniza Macron por vitória, mas diz que obteve resultado histórico

Paris, 7 mai (EFE).- A candidata da extrema direita à presidência da França, Marine Le Pen, parabenizou neste domingo seu adversário no segundo turno das eleições, o centrista Emmanuel Macron, por sua vitória no pleito, mas afirmou que seu partido, a Frente Nacional, conquistou um resultado histórico nas urnas.

Em discurso para seus simpatizantes em Paris, a candidata da Frente Nacional que, segundo as primeiras projeções obteve 35% dos votos contra 65% do rival, agradeceu o apoio dos "eleitores patriotas" e anunciou uma reformulação de seu partido para desempenhar o papel de primeira força de oposição ao novo presidente.

Foi o melhor resultado da Frente Nacional na história. Por isso, Le Pen, que após o primeiro turno firmou uma aliança com Nicolas Dupont-Aignan, anunciou uma "profunda renovação" para "criar uma nova força política".

A candidata garantiu que liderará o "combate" das eleições legislativas marcadas para o junho, tratando de reunir todos aqueles que querem optar pela França em primeiro lugar.

Le Pen afirmou que as eleições presidenciais mostraram uma "decomposição da vida política francesa", marcada especialmente pelo "desaparecimento dos partidos tradicionais", em referência aos socialistas e à centro-direita de François Fillon.

Nas eleições legislativas, Le Pen afirmou que voltará a apresentar o dilema entre "globalistas e patriotas" e se mostrou "inquieta" pelas perspectivas abertas no mandato de Macron.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos