Pai acusado de abusar sexualmente da filha é condenado a 2 mil chibatadas

Riad, 7 mai (EFE).- O Tribunal de Sanções de Riad (Arábia Saudita) puniu neste domingo com 2 mil chibatadas e 20 anos de prisão um homem acusado de "abusar sexualmente de sua filha por vários anos".

Meios de comunicação do país informaram que a filha tinha denunciado o progenitor ao Comitê para a Promoção da Virtude e a Prevenção do Vício (CPVPV) porque ele "abusava sexualmente dela desde que era criança".

A sentença determinou que as chibatadas sejam divididas em 40 vezes. O homem ficará proibido de se encontrar sozinho com a filha ou morar com ela, mas poderá visitá-la.

Segundo a ONG Associação para o Desenvolvimento Familiar na Arábia Saudita, em 2012, 22% dos menores de idade foram alvo de algum tipo de assédio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos