Manifestação anticapitalista em Paris contra Macron registra 9 detidos

Paris, 8 mai (EFE).- Nove pessoas foram detidas ontem à noite durante uma manifestação anticapitalista em Paris em protesto contra a eleição do social liberal Emmanuel Macron como presidente da França, informou nesta segunda-feira a "Franceinfo".

Os nove detidos, dos 144 que chegaram a ser identificados, são acusados de "violência" e de "impedimento à circulação", entre outros.

Várias centenas de membros anticapitalistas se manifestaram ontem à noite na região de Ménilmontant, no leste de Paris, em desacordo com a eleição de Macron, antigo banqueiro e ministro de Economia entre 2014 e 2016.

Segundo a "Franceinfo", durante o protesto aconteceram imperfeições materiais.

Além de Paris, houve outras manifestações anticapitalistas nas cidades francesas de Nantes (oeste), Lyon (sudeste), Grenoble (sudeste), Estrasburgo (nordeste) e Poitiers (oeste).

Há duas semanas, quando aconteceu o primeiro turno das eleições presidenciais francesas, também aconteceram protestos violentos contra Macron e a candidata ultradireitista Marine Le Pen.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos