Senador boliviano denuncia cobrança de propina a construtora espanhola

La Paz, 8 mai (EFE).- Um senador da oposição na Bolívia denunciou nesta segunda-feira ao escritório de transparência do Ministério de Obras Públicas a cobrança de comissões para funcionários da empresa espanhola Corsán Corviam, filial da Isolux Corsán, para a facilitar a vitória da companhia em licitações de obras no país.

O senador Yerko Núñez disse em coletiva que a denúncia foi apresentada ao chefe de Transparência de Obras Públicas, Gabriel Herbas, junto a documentação e informação sobre a comissão.

Núnez explicou que, desde o ano passado, enviou requerimentos, petições e solicitações de investigação ao ministério sobre possíveis irregularidades nos contratos com a empresa espanhola, mas todos os pedidos foram negados em abril após a Corsán Corviam ter abandonado vários projetos por problemas financeiros.

O senador da Unidade Democrata disse que Herbas deve cumprir a promessa que fez quando assumiu o cargo. Na época, segundo Núñez, o chefe de Transparência afirmou que, sob sua gestão, haveria "zero tolerância contra a corrupção".

De acordo com Núñez, há documentos reconhecidos em cartório que mostram os valores de um acordo sobre as comissões para que a empresa ganhasse as licitações de obras públicas.

O governo do presidente da Bolívia, Evo Morales, rescindiu dois contratos com a Corsán Corviam por abandonar a construção de uma estrada e uma usina hidrelétrica.

A Bolívia também começou a cobrar as garantias bancárias apresentadas pela empresa, de US$ 151 milhões, e garantiu que esses recursos permitirão que as obras sejam concluídas.

Em abril, Morales falou sobre denúncias que saíram na imprensa local sobre pagamentos de comissões pela Corsán Corviam. Na época, o presidente pediu para que a empresa denunciasse que funcionários do governo cobraram propina da construtora espanhola.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos