Ataque a comboio da ONU na RCA deixa 1 morto, 8 feridos e 4 desaparecidos

Nairóbi, 9 mai (EFE). - Pelo menos um capacete azul morreu, quatro desapareceram e outros oito ficaram feridos no ataque a um comboio da Organização das Nações Unidas (ONU) na República Centro-Africana, informou nesta terça-feira a Minusca - Missão de Paz das Nações Unidas no país - em comunicado.

O ataque aconteceu ontem à noite, perto de Bangassou, no sul do país e na fronteira com a República Democrática do Congo, e foi feito por um grupo armado não identificado. Um capacete azul do Cambodja morreu e outros oito soldados ficaram feridos - um cambojano e sete marroquinos -, enquanto que outros quatro continuam desaparecidos - três cambojanos e um marroquino. Após a ação, os criminosos fugiram para uma floresta.

A Minusca enviou um helicóptero de reconhecimento e uma patrulha para restabelecer a segurança no local e encontrar os soldados desaparecidos. Um avião removeu os feridos e os levou para à capital, Bangui, para receber atendimento.

O chefe da Minusca, Parfait Onanga-Anyanga, enviou suas "mais profundas condolências e sincero apoio à família da vítima, seu contingente e seu país" e expressou "imensa gratidão pelo trabalho e sacrifício das forças de paz na RCA".

A ONU assegurou que fará todo o possível para que os autores deste ataque sejam detidos e julgados e lembrou que "atentar contra um soldado da paz pode ser considerado crime de guerra, sujeito a julgamento".

O país vive um complicado processo de transição desde 2013, quando ex-rebeldes Seleka derrubaram o presidente François Bozizé, dando início a uma onda de violência sectária entre muçulmanos e cristãos que causou milhares de mortes e obrigou cerca de 1 milhão de pessoas a abandonar suas casas.

A eleição de Faustin-Archange Touadéra como novo presidente em fevereiro de 2016 deveria abrir um novo período para República Centro-Africana, mas muitos problemas para controlar grupos rebeldes em zonas afastadas da capital ainda persistem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos