Erdogan diz que entrar na União Europeia continua sendo objetivo da Turquia

Istambul, 9 mai (EFE). - Fazer parte da União Europeia (UE) permanece sendo um objetivo estratégico para a Turquia, afirmou o presidente Recep Tayyip Erdogan, em comunicado divulgado por causa do Dia da Europa, comemorado nesta terça-feira.

"Nosso país, que durante séculos foi parte da Europa no sentido histórico, geográfico e cultural, tem o desejo de continuar o processo cujo objetivo estratégico é fazer parte da UE como membro, em um marco de entendimento, de respeito mútuo, equidade e benéfico para ambas as partes", diz a mensagem.

No texto, o político menciona "a cooperação desenvolvida com a UE no auge da crise de refugiados" como os "exemplo mais concreto e atual deste acordo".

"Desejamos que as negociações para ser membro e a cooperação com a UE em campos como a migração, a economia, a energia e a união aduaneira levem a um nível mais avançado", afirma Erdogan.

A nota contrasta com o discurso de Erdogan nos últimos meses, nos quais se queixou fortemente da atitude da UE, chamou seus dirigentes de "nazistas" e "fascistas" e assegurou que convocaria um referendo para que o povo turco decidisse sobre continuar ou não com as negociações de acesso. Na semana passada, ele advertiu de que daria adeus à UE se o bloco não abrisse novos capítulos da negociação para entrar no clube comunitário, do qual é candidato desde 1999.

Na mensagem de hoje, o presidente lamenta ainda que "doenças sociais, como a discriminação cultural, a xenofobia e a islamofobia, infelizmente se expandem pelo continente" e "envenenem a relação da Turquia com a UE".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos