Líder do Partido Trabalhista quer Brexit que proteja "indústrias vitais"

Londres, 9 mai (EFE). - O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, disse nesta terça-feira que sua formação quer um Brexit que proteja as indústrias "vitais" uma vez o país saia da União Europeia (UE), a quatro semanas das próximas eleições gerais, marcadas para 8 de junho.

Ele apresentou oficialmente em Manchester, no noroeste da Inglaterra, a campanha de seu grupo em relação às eleições que a primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May, convocou no mês passado de maneira antecipada e inesperada. Acompanhado pelo novo prefeito dessa cidade, Andy Burnham, Corbyn, que indicou que continuará dirigindo o partido mesmo que perca no pleito do mês que vem, pediu ao público para comparecer às urnas para "transformar o Reino Unido".

Apesar de evitar falar do Brexit "como ponto principal na campanha", ao contrário de May, ele explicou que seu partido defenderá uma saída do bloco que priorize os empregos. Corbyn também explicou que sua formação quer um Brexit que "proteja o futuro das indústrias vitais do Reino Unido e que prepare o caminho para uma sociedade verdadeiramente mais justa e para uma economia melhor".

"Estas eleições não são sobre o Brexit em si. Esse assunto já está esclarecido. A pergunta agora é que tipo de Brexit queremos e que tipo de país queremos que o Reino Unido seja depois dele", disse Corbyn.

O líder trabalhista acusou os conservadores de colocar os interesses do partido acima do verdadeiro "interesse nacional" e apontou que "sonegadores de impostos, os barões da imprensa e banqueiros gananciosos" comemorariam uma vitória conservadora.

"Quando o Trabalhista ganhar, os britânicos ganharão. A enfermeira, o professor, o pequeno comerciante, o cuidador, o operário", disse.

Segundo Corbyn, seu partido oferece "uma alternativa real" ao sistema usado pelo governante Partido Conservador, que favorece "ricos e poderosos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos