Milhares de pessoas participam da marcha do Regimento Imortal em Astana

Astana, 9 Mai (EFE). - Aproximadamente, 20 mil pessoas participaram nesta terça-feira de uma marcha em Astana, carregando retratos de seus familiares que lutaram na Segunda Guerra Mundial, como parte da comemoração do Dia da Vitória na capital cazaque.

A primeira vez em que este evento foi realizado na antiga república soviética foi em 2015 e contou com a presença de 1.500 pessoas. No ano passado, o número de participantes foi de 7 mil, conforme os organizadores.

Um dos integrantes do ato de hoje era Nursultan Sandybayev, que levava a foto do avô, Sandybayev Maitan Makanovich, que em 1943 se alistou ao exército.

"Me contou como eles mandaram liberar a Ucrânia. Tinham que cruzar o Rio Dnieper. Os nazistas jogavam bombas. Eram bombardeados por todos os lados. Ele era muito jovem e não sabia nadar, mas foi mesmo assim. Era o comandante do pelotão", disse o rapaz, orgulhoso do avô.

A marcha começou no Monumento Kazak Yeli e terminou no Monumento Otan Korgaushylar, onde o presidente do país, Nursultan Nazarbayev, depositou flores em memória dos "heróis que lutaram para vencer à Alemanha nazista".

"Dos 6 milhões de habitantes da república, 20% foram para o front. A metade nunca voltou. Os veteranos de guerra construíram o caminho para nossa felicidade e independência", lembrou Nazarbayev.

A marcha pelo Dia da Vitória acontece anualmente em mais de 60 países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos