Taiwan detém oficial de alta categoria por suposta espionagem para China

Taipé, 10 mai (EFE).- Um oficial militar taiwanês de alta categoria, que foi chefe do programa de mísseis, foi detido por suposta espionagem a favor da China, informou nesta quarta-feira (data local) o Ministério da Defesa de Taiwan.

O detido, o general de divisão Hsieh Chia-kang, chefe adjunto do Comando de Defesa de Matsu, foi chefe do Comando de Mísseis de Defesa Aérea, que dispõe de vários batalhões com mísseis Patriot III, Skybow II, Skybow III, HAWK, de contra-ataque (terra-terra) e Hsiung Feng-2E.

Os agentes do Escritório de Investigação realizaram uma batida ontem na residência de Hsieh, no distrito sulista de Pingtung, e detiveram o suspeito, que foi levado a Kaohsiung, também no sul, para ser interrogado e colocado à disposição do Escritório de Procuradores do Distrito de Ciaotou.

O Ministério da Defesa de Taiwan disse que se suspeita que Hsieh foi contratado pela China não somente para espionar, mas também para criar uma rede de espionagem.

Nos últimos anos ocorreram vários casos de espionagem de militares e agentes de segurança taiwaneses a favor da China, mas em sua maioria eram oficiais aposentados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos