Bombardeios da coalizão internacional matam 7 pessoas na Síria

Cairo, 10 mai (EFE). - Pelo menos sete pessoas, entre elas quatro menores de idade, morreram nesta quarta-feira no nordeste da Síria em ataques feitos por aviões que provavelmente eram da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

As aeronaves tiveram como alvo vários pontos de Al Zur, na província de Deir ez-Zor, controlada quase que totalmente por grupos armados radicais. O Observatório advertiu que o número de vítimas pode aumentar nas próximas horas, porque há feridos em estado grave, mas não especificou quantos.

Com as mortes de hoje, já são 59 as pessoas que perderam a vida em bombardeios da coalizão internacional desde o início deste mês, conforme a contagem da ONG. Entre os mortos, há 19 menores e nove mulheres de Deir ez-Zor e das províncias vizinhas da Al Raqqa e Al Hasakah, ambas no nordeste do país, e de Hama, centro.

A coalizão bombardeia posições dos radicais em território sírio desde 23 de setembro de 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos