Governo do Kosovo perde moção de censura

Belgrado, 10 mai (EFE).- O Governo de Kosovo caiu nesta quarta-feira ao prosperar uma moção de censura apresentada pela oposição nacionalista e apoiada também pelo PDK, um partido da coalizão que esteve no poder desde dezembro de 2014.

O triunfo da moção faz obrigatória a convocação de eleições parlamentares antecipadas em um prazo de 45 dias.

A moção contra o Governo recebeu o apoio de 78 deputados, 34 votaram contra e houve três abstenções, informou a televisão pública de Kosovo "RTK".

Se pronunciaram contra, além do Partido Democrático do Kosovo (PDK), os deputados sérvios e de outras minorias, que faziam parte da coalizão no poder.

De acordo com alguns meios locais, o presidente do país, Hashim Thaci, poderia convocar eleições antecipadas para 11 de junho.

A votação de hoje ocorreu após vários horas de debate parlamentar.

Os partidos opositores Nisma (Iniciativa), Vetevendosje (Autodeterminação) e Aliança para o Futuro do Kosovo (AAK) pediram na passada semana o voto de confiança contra o Governo, após reunir as assinaturas de 42 dos 120 deputados da Câmara, entre eles vários da coalizão governante.

As formações afirmaram que o Governo dos dois maiores partidos kosovares não solucionou nenhum problema substancial, pelo qual o país está em crise há mais de um ano e meio.

O primeiro-ministro, Isa Mustafa, líder da LDK, declarou hoje perante o Parlamento que a moção contra seu Governo é um "panfleto político sem argumentos".

Mustafa acrescentou que esta iniciativa desestabiliza o país e suas instituições a fim de proteger pessoas corruptas "que causaram danos milionários ao país".

O líder disse que seu Governo fez bastante na luta contra o extremismo e a corrupção e nas reformas econômicas.

Os deputados do governante partido PDK, fundado no momento certo pelo agora presidente Thaçi, acusaram Mustafa de ser incapaz de coordenar os dois parceiros.

Embora em um primeiro momento parecia que a moção não iria prosperar, desde a passada semana as relações já frágeis entre LDK e PDK esfriaram ainda mais, até que hoje ocorreu a ruptura.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos