Trump parabeniza novo presidente sul-coreano e o convida à Casa Branca

Washington, 10 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conversou nesta quarta-feira com o vencedor das eleições presidenciais da Coreia do Sul, Moon Jae-in, que aceitou visitar a Casa Branca assim que possível.

Segundo informou a presidência americana em comunicado, Trump falou com Moon para "dar os parabéns a ele e ao povo coreano pela grande vitória eleitoral e pela transição pacífica e democrática no poder".

Eleito para um mandato de cinco anos, Moon Jae-in põe fim a uma década de governos conservadores na Coreia do Sul e fecha a crise gerada pelo escândalo de corrupção envolvendo a presidente Park Geun-hye, cujo impeachment foi confirmado em março pelo Tribunal Constitucional sul-coreano.

"O presidente Trump expressou a intenção de trabalhar com o presidente Moon e o convidou a Washington. O presidente Moon aceitou o convite", explicou o comunicado da Casa Branca.

Segundo Washington, ambos os governantes se mostraram de acordo a trabalhar "para continuar fortalecendo a aliança entre Estados Unidos e a Coreia do Sul".

Moon, líder do liberal Partido Democrático e discípulo do falecido presidente progressista Roh Moo-hyun, impulsor de uma aproximação com a Coreia do Norte, pode se chocar com Trump na estratégia para forçar o regime de Pyongyang a cumprir seus compromissos de não proliferação nuclear.

Moon se mostrou crítico com a mobilização americana de baterias de mísseis na Coreia do Sul para dissuadir a Coreia do Norte e sugeriu abrir uma via de diálogo com o regime de Kim Jong-un sem abandonar a pressão das sanções.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos