Turquia pede que EUA ajudem milícias árabes e não curdas contra EI

Istambul, 10 mai (EFE). - O ministro de Relações Exteriores da Turquia, Mevlüt Çavusoglu, criticou nesta quarta-feira o fato de os Estados Unidos planejarem entregar armas às milícias da Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG) para lutar contra os jihadistas do Estado Islâmico e pediu que arme às milícias árabes da mesma região.

O ministro reiterou a postura turca de que as YPG e o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a guerrilha curda, "não se diferenciam: ambas são organizações terroristas e só se distinguem pelo nome".

"Toda arma que chegar às mãos deles é uma ameaça à Turquia. Já comunicámos antes que algumas armas entregadas as YPG foram parar nas mãos do PKK na Turquia", insistiu Çavusoglu, em pronunciamento durante uma visita oficial a Montenegro, divulgado pela agência de notícias "Anadolu".

A Casa Branca anunciou ontem que o presidente americano, Donald Trump, tinha autorizado "fornecer aos efetivos curdos das Forças Democráticas da Síria (SDF) o que for necessário para garantir uma clara vitória em Al Raqqa", a "capital" do EI na Síria.

Comentando esta decisão, Çavusoglu lembrou que as SDF não são formadas somente pelas milícias curdas e o YPG se considera a força dominante neste conglomerado.

"Nas SDF também há elementos árabes. Para uma operação em Al Raqqa é preciso separar as YPG dos árabes nas SDF. Será benéfico entrar em Al Raqqa com as forças árabes, e podem acrescentar a elas forças da oposição moderadas. Isso é muito importante para que a operação seja bem-sucedida. Al Raqqa é uma cidade com 99% de árabes sunitas. É preciso planejar bem o futuro das cidades na Síria para não dar passos equivocados", avaliou o ministro.

O político adiantou que estes temas serão debatidos durante o encontro que o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, terá na semana que vem com Trump.

"Durante a visita a Washington compartilharemos todas estas ideias com Trump e nossos interlocutores. Nosso presidente irá falar", disse Çavusoglu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos