Agentes confiscam 8,6 toneladas de maconha e prendem 8 pessoas no Paraguai

Assunção, 11 mai (EFE).- Agentes da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad) confiscaram em uma operação 8,6 toneladas de maconha que tinham a Argentina como destino e apreenderam oito pessoas, entre elas seis policiais.

Os agentes da Senad, em companhia de promotores do Paraguai, foram se deslocaram até uma estrada no departamento de Misiones, no sul do país, para interceptar um caminhão de grande porte que transportava um carregamento da droga.

Ao deter a comitiva que acompanhava o caminhão, composta por uma caminhonete e um automóvel, a Senad identificou nos veículos seis agentes da Polícia Nacional. Eles foram presos junto a outras duas pessoas que conduziam os veículos.

Os agentes da Senad encontraram no interior do caminhão 8.621 quilos de maconha, distribuídos em 366 sacolas. Além disso, foram confiscados outros materiais, como celulares e documentos.

A Promotoria ordenou a transferência das evidências e dos presos até a base de operações da Senad, em Assunção, enquanto investiga a responsabilidade de cada um dos presos no caso.

O Paraguai é o maior produtor de maconha da América do Sul, e o Brasil é o principal destino da droga.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos