Presidente do Kosovo convoca eleições antecipadas após queda do governo

Belgrado, 11 mai (EFE).- O presidente do Kosovo, Hashim Thaçi, convocou nesta quinta-feira para o próximo dia 11 de junho eleições legislativas antecipadas depois de o governo ter caído ontem após a aprovação de uma moção de censura no parlamento.

Após realizar consultas com os líderes de todos os partidos, o presidente marcou a data para o pleito e convidou a União Europeia, as organizações internacionais e a sociedade civil para supervisionar o processo eleitoral.

"Um processo justo, democrático e aceito por todos deve ser nosso objetivo comum", disse Thaçi, segundo comunicado divulgado no site da presidência do Kosovo.

A coligação criada em 2014 pelos dois principais partidos do país, a Liga Democrática do Kosovo (LDK) e do Partido Democrático do Kosovo (PDK), perdeu ontem uma moção de censura, que acabou sendo apoiada pelo próprio PDK, após meses de tensões no governo.

O voto de confiança foi pedido pelos partidos de oposição Nisma, Vetevendosje e Aliança para o Futuro do Kosovo (AKK), que alegam que a grande coligação não solucionou nenhum problema substancial do país nos últimos anos.

Esses partidos têm bloqueado a atividade parlamentar desde 2015 por se oporem a um acordo fronteiriço com Montenegro e às tentativas do governo de normalizar as relações com a Sérvia.

Ambas medidas são condições importantes para que Kosovo se aproxime da União Europeia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos