Papa diz que ida à cidade de Fátima "é especial e será uma viagem de oração"

A bordo do avião papal, 12 mai (EFE).- O papa Francisco afirmou nesta sexta-feira que a ida a Fátima que começa nesta sexta-feira é "especial" e será "uma viagem de oração".

O papa cumprimentou os jornalistas que o acompanharam durante o voo que o levou hoje à localidade portuguesa para participar do centenário das aparições da Virgem Maria.

"Boa tarde e obrigada por vossa companhia e o trabalho realizado nesta viagem especial, que é uma viagem de oração que servirá de encontro com o Senhor e com a Santa Mãe de Deus", disse Francisco aos 70 jornalistas que viajaram com ele.

Como lembrou durante o voo o porta-voz do Vaticano, Greg Burke, trata-se de uma visita sobretudo de oração na qual o papa "rezará por todos".

O avião que levada Francisco saiu de Roma às 14h11 local (9h11, em Brasília) e aterrissou às 16h10 de Portugal (12h10, em Brasília) na base aérea de Monte Real, onde era aguardado pelo presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, com quem manterá uma reunião privada em uma das salas do aeroporto.

Francisco será assim o terceiro pontífice a aterrissar nesta base lusa, como seus antecessores Paulo VI e João Paulo II, em 1967 e 1991, respectivamente.

Na agenda do pontífice, além disso, está incluída uma oração solitária na capela da própria base, como também fez Paulo VI ao início de sua peregrinação a Portugal em 1967, e onde deixará um presente e assinará o livro de honra. Depois disso, Francisco será levado ao santuário de Fátima de helicóptero.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos