Papa deixa Portugal após visita de apenas 24 horas a Fátima

Lisboa, 13 mai (EFE).- O papa deixou Portugal neste sábado ao partir da base aérea de Monte Real, após uma visita de apenas 24 horas ao santuário de Fátima, onde participou da celebração do centenário das aparições marianas diante de centenas de milhares de peregrinos.

Antes de embarcar no avião da companhia aérea portuguesa TAP que decolou às 15h53 locais (11h53 de Brasília) com destino a Roma, Francisco se despediu, com honras militares, das principais autoridades de Portugal na base de Monte Real.

Acompanhado pelo chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, o pontífice percorreu a pé o trajeto do edifício principal da base até o avião para se despedir dos principais representantes políticos, militares e eclesiásticos de Portugal.

Durante o voo, o pontífice oferecerá uma coletiva de imprensa aos jornalistas que o acompanharam nesta viagem a Fátima, localidade situada pouco mais de 100 quilômetros ao norte de Lisboa, que foi acompanhada por milhares de fiéis em todo o mundo.

O ato de maior destaque do segundo e último dia de sua estadia em Portugal foi a missa que Francisco celebrou na esplanada do santuário, na qual canonizou duas das três crianças pastorinhas que testemunharam as aparições da Virgem, os irmãos Jacinta e Francisco.

Esta foi a primeira cerimônia de canonização em Portugal e foi acompanhada, dentro do recinto e nas ruas limítrofes, por meio milhão de pessoas de 55 nacionalidades.

Outras tantas participaram ontem na reza do rosário com o papa na Capelinha das Aparições.

Francisco é o quarto pontífice que visita Portugal, após Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991 e 2000) e Bento XVI (2010).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos