Primeiro-ministro português destaca personalidade "inspiradora" do papa

Lisboa, 13 mai (EFE).- O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, manteve neste sábado um encontro "muito emocionante" com o papa Francisco, onde ele destacou sua personalidade "tão inspiradora".

Foi um contato breve, onde o pontífice falou com o chefe do governo luso estar "muito satisfeito" com de sua visita a Fátima, onde hoje conclui uma viagem de apenas 24 horas para comemorar o centenário das aparições da Virgem.

Em conversas com jornalistas após o encontro que durou apenas 15 minutos, na Casa de Nossa Senhora do Carmo, Costa explicou que tinha passado a Francisco seu "respeito e gratidão por realizar esta visita em um momento de felicidade" para Portugal.

É um momento importante para o país, que a partir de hoje conta com mais dois novos santos, as crianças Jacinta (1910-1920) e Francisco Marto (1908-1919), irmãos que viram a Virgem Maria no dia 13 de maio de 1917, ao lado da prima mais velha Lúcia (1907-2005).

Além disso, António Costa e o papa conversaram sobre a situação dos refugiados, um tema "de grande interesse" para o pontífice, com Costa afirmando que Portugal cumprirá com suas responsabilidades de acolhida.

O premier socialista, defensor de um Estado laico, explicou que vê "com respeito" as comemorações do centenário das aparições lideradas pelo papa Francisco, que, acrescentou, não deixou "ninguém indiferente" desde que iniciou seu pontificado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos