Londres diz que seus sistemas nucleares estão "absolutamente" protegidos

Londres, 14 mai (EFE).- O ministro da Defesa do Reino Unido, Michael Fallon, assegurou neste domingo que os equipamentos que controlam o armamento nuclear britânico estão a salvo de ciberataques como o que na sexta-feira afetou empresas e órgãos públicos em 150 países.

"Posso assegurar que o sistema de dissuasão nuclear está absolutamente protegido", disse Fallon em entrevista à "BBC", que reiterou que o governo britânico dedicou em seus últimos orçamentos 1,9 bilhão de libras (2,24 bilhões de euros) em cibersegurança.

"Nunca fazemos comentários sobre os sistemas que nossos submarinos (nucleares) utilizam, por razões óbvias de segurança, mas nossos submarinos Vanguard, posso garantir completamente que são seguros", detalhou o ministro conservador.

Fallon indicou que o Executivo está investindo recursos para "fortalecer as defesas cibernéticas do sistema de saúde" no Reino Unido, depois que numerosos hospitais e centros de saúde foram afetados pelo ciberataque em grande escala da sexta-feira.

"Recomendamos aos órgãos do NHS (sistema de saúde pública do Reino Unido) que reduzam sua exposição ao sistema mais vulnerável, o Windows XP. Queremos que utilizem sistemas modernos que oferecem melhor proteção", afirmou o ministro.

"Já os havíamos advertido, e os advertimos de novo" no ano passado, afirmou Fallon, depois que a oposição no Reino Unido acusou o governo de não tomar medidas para modernizar os sistemas de computadores do NHS.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos