Milícias continuam ganhando terreno do EI nas cercanias de Al Raqqa, na Síria

Cairo, 14 mai (EFE).- As milícias das Forças de Síria Democrática (FSD), uma aliança liderada por grupos curdos e apoiados pelos Estados Unidos, conquistaram neste domingo novos avanços frente ao grupo jihadista Estado Islâmico (EI), pelo segundo dia consecutivo, nos arredores da cidade de Al Raqqa, capital do autoproclamo califado do EI.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), os combatentes das FSD ganharam terreno ao norte de Al Raqqa e estão a quatro quilômetros da cidade na frente nordeste, a oito na frente norte e a 13 na frente noroeste.

Os milicianos, que contam com o apoio da aviação da coalizão internacional, conseguiram avanços em três localidades e fazendas controladas pelos jihadistas, detalhou o OSDH em um comunicado.

Há baixas nas fileiras de ambos os lados como consequência dos intensos combates, que também causaram a morte de civis, cujo número não foi detalhado, acrescentou o OSDH.

Esses enfrentamentos forçaram centenas de famílias a deixarem suas casas, informou ontem a ONG baseada no Reino Unido, mas que conta com ativistas no terreno.

Esta nova ofensiva das FSD acontece depois que seus milicianos expulsaram nesta semana o EI da estratégica represa da Al Tabqa e da cidade de mesmo nome, situada a 55 quilômetros a oeste de Al Raqqa.

As FSD iniciaram em novembro a ofensiva a Ira do Eufrates, para expulsar o EI de toda a região, que é considerada o principal reduto do grupo radical na Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos