Ministro chavista como "muito preocupante" recusa da oposição a dialogar

Caracas, 14 mai (EFE).- O ministro venezuelano e chefe da Comissão Presidencial para a Constituinte, Eliás Jaua, avaliou neste domingo como "muito preocupante" a recusa da aliança opositora Mesa Democrática (MUD) a participar do processo de eleição da Assembleia Nacional Constituinte.

"É muito preocupante a situação de uma injustificável decisão da direção da MUD de não ter nenhum tipo de comunicação com o Governo legítimo e democrático da República", disse Jaua em referência à rejeição dos opositores a participar do processo convocado pelo presidente do país, Nicolás Maduro.

O também ministro de Educação dirigiu durante os últimos dias uma série de reuniões com vários setores sociais e políticos do país para explicar os motivos e objetivos de Maduro para convocar um processo a fim de redigir uma nova Constituição.

A plataforma de partidos MUD, primeira força política do país, rejeitou a iniciativa e se recusou a participar dos encontros porque considera que a convocação não está sendo feita com base constitucional, e que será usada pelo chavismo para se perpetuar no poder.

O chamado de Maduro a este processo agravou uma onda de protestos que denuncia a suposta ruptura da ordem constitucional há mais de 40 dias após a decisão do Supremo de assumir as funções do Parlamento, e embora a decisão tenha sido revogada em meio à pressão internacional, a oposição insiste na denúncia.

A julgamento de Jaua, a Venezuela "nunca tinha tido essa manifestação escatológica que atenta contra os valores mais queridos da sociedade venezuelana, nunca antes tinha tido uma força política tão subordinada a interesses estrangeiros".

"Nós acreditamos que esta escalada de violência é uma pressão do exterior", disse ao assegurar que a "pressão internacional" teve um papel importante na atual crise venezuelana.

Além disso, indicou que ao Governo preocupa "muito mais a atitude da Conferência Episcopal" venezuelana que, segundo indicou antes, se negou a participar do processo preparatório da eleição da Assembleia Constituinte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos