Mulher armênia dá à luz quíntuplos, mas perde 3 desses bebês

Tbilisi, 14 mai (EFE).- Uma mulher da Armênia deu à luz quíntuplos pela primeira vez na história desse país, mas três dos bebês já morreram, informaram neste domingo as autoridades de saúde.

A mulher, Lucine Pogosian, tinha trazido ao mundo quatro meninas e um menino, mas este último morreu hoje devido à incapacidade de respirar sem assistência artificial.

Anteriormente, duas meninas, que nasceram por cesariana na 28ª semana de gestação da mãe, já tinham morrido, segundo o hospital de Yerevan onde foi realizado o parto.

Quanto as outras duas meninas, que se encontram sob estreita supervisão dos especialistas do Ministério da Saúde do país, os médicos advertem que deverão permanecer no hospital para que possam ganhar peso.

Desde um primeiro momento, os médicos já tinham advertido que os recém-nascidos deveriam receber cuidados intensivos, já que o que tinha mais peso não passava de 900 gramas, enquanto o menor tinha menos de 600.

O nascimento dos quíntuplos foi um grande acontecimento na Armênia e o governo concedeu à família Karapetianov 7,5 milhões de dramas (US$ 15 mil) em ajuda social.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos