Defesa pede que pênis de acusado de morte possa ser mostrado como evidência

Miami (EUA), 15 mai (EFE).- Os advogados de um homem acusado de matar sua namorada em 2015, asfixiando-a quando ambos estavam fazendo sexo oral, solicitaram à corte que ele possa mostrar seu pênis, por considerá-lo parte importante da evidência.

No julgamento, que começou nesta segunda-feira em um tribunal da Flórida (Estados Unidos), Richard Henry Patterson, de 65 anos, é acusado pelo assassinato em segundo grau de Francisca Marguinez, de 60, em Margaret, 40 quilômetros ao norte de Miami.

Patterson, que negou que tenha matado sua namorada intencionalmente, admitiu que ela morreu enquanto faziam sexo oral e alegou que seu pênis é bastante grande.

Ken Padowitz, seu advogado, solicitou que seja permitido que seu cliente mostre o pênis aos jurados, ao juiz, aos advogados e a um xerife, por considerar que é "relevante" para demonstrar que a vítima foi "acidentalmente" asfixiada.

Durante a audiência prévia à escolha dos júris, uma conversa entre o advogado de defesa, a promotoria e a juíza Lisa Porter tentou determinar especialmente se o pênis estaria flácido ou ereto, e como e em que lugar da corte aconteceria uma eventual exibição.

Durante a incomum conversa, na qual estava presente o acusado, também falaram de duas fotos que já foram entregues à corte, na qual se mede o pênis do acusado.

Padowitz reiterou que ver o pênis é importante porque é "essencial para que entendam completamente" o testemunho de um médico especialista, Ronald Wright, que será usado como testemunha.

Um segundo plano que tinha sido considerado pela defesa é fazer um molde do pênis para poder mostrar suas dimensões reais.

Patterson matou Marguinez em outubro de 2015 depois de ter começado a sair com ela pouco tempo antes. Quando o corpo já estava começando a decompor, ligou para seu advogado para que a polícia encontrasse o corpo no apartamento dela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos