Primeira-dama da Argentina visita Cidade Proibida em Pequim

Pequim, 15 mai (EFE).- A esposa do presidente da Argentina Mauricio Macri, Juliana Awada, visitou nesta segunda-feira a Cidade Proibida em Pequim, o antigo palácio imperial da China, junto com a primeira-dama do país asiático, Peng Liyuan, e outras esposas de governantes que participaram do Fórum de Cooperação das Novas Rotas da Seda, que terminou nesta segunda-feira.

Peng Liyuan, esposa do presidente Xi Jinping e também uma famosa cantora em seu país, exerceu a função de anfitriã na visita ao palácio e museu, que hospeda uma das melhores coleções de arte oriental do planeta e é um dos maiores palácios do mundo, com milhares de quartos e cômodos.

Juliana e as outras primeiras-damas evitaram as filas e aglomerações habituais da entrada principal da Cidade Proibida - o famoso Portão da Paz Celestial, onde fica o emblemático retrato de Mao Tsé-Tung - e entraram no recinto imperial através de um portão lateral próximo à residência privada de Xi e Peng.

"É um lugar que nos transporta no tempo. Estou muito contente de estar aqui e poder compartilhar com a primeira-dama deste país um lanche e uma conversa durante a visita", disse Juliana, citada por um comunicado da presidência argentina.

"Foi uma experiência interessantíssima, uma forma de aprender mais sobre a história e a cultura da China. Além disso, ao compartilhar a atividade com mulheres de todo o mundo, pudemos conversar sobre o que acontece em nossos países e apresentar nossas visões em comum, aprendendo umas com as outras" acrescentou a primeira-dama argentina.

Situada no centro histórico e geográfico de Pequim, a Cidade Proibida foi o eixo do poder das dinastias Ming (1368-1644) e Qing (1644-1911). Sua construção foi realizada entre 1406 e 1420 e nela residiram 24 soberanos até 1911, quando aconteceu a revolução que derrubou o regime imperial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos