Duplo atentado do EI contra campo de deslocados na Síria deixa dez mortos

Cairo, 16 mai (EFE).- Pelo menos dez pessoas morreram na noite de segunda-feira em um duplo atentado reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) contra o campo de deslocados de Rukban, no sul da Síria, na fronteira com Jordânia, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Entre os mortos há combatentes do opositor Exército das Tribos e vários feridos - sete deles em estado grave - pelas detonaçãos de dois carros-bomba na zona próxima ao mercado de Rukban.

O EI reivindicou o duplo atentado através de um comunicado divulgado pela agência de notícias "Amaq", vinculada aos extremistas.

Na nota, divulgada em uma conta no Telegram dos radicais, a "Amaq" apontou que "combatentes do Estado Islâmico executaram um ataque contra o campo de Rukban", sem oferecer mais detalhes.

Não é a primeira vez que esse local, situado perto do ponto que conforma as fronteiras entre Síria, Jordânia e Iraque, é alvo de um atentado dos extremistas.

Há quase um ano, sete soldados jordanianos perderam a vida nas proximidades de Rukban em um ataque cometido por um suicida do EI a bordo de um veículo carregado com explosivos.

Desde então, as autoridades jordanianas impedem o acesso de ajuda humanitária a este acampamento, situado em uma área desértica, segundo denunciaram ONG.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos