Confrontos durante visita de Erdogan a Washington deixaram nove feridos

Washington, 17 mai (EFE).- Os confrontos entre partidários e opositores ao presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, durante sua vista a Washington, deixaram pelo menos nove feridos e duas pessoas foram detidas, informou nesta quarta-feira a polícia local.

Erdogan foi recebido ontem na Casa Branca pelo presidente americano, Donald Trump.

Por conta da visita, opositores e seguidores de Erdogan se concentraram diante da residência do embaixador turco na capital americana e no local ocorreram confrontos entre os dois grupos.

Os enfrentamentos foram violentos e nove pessoas feridas. Além disso, duas pessoas foram detidas, segundo Dustin Sternbeck, um porta-voz da polícia.

Durante seu encontro na Casa Branca, Trump tratou de rebaixar as tensões com Erdogan e previu que a relação entre ambos será "imbatível", apesar das diferenças em torno do apoio de Washington às milícias curdas na Síria na luta contra o Estado Islâmico (EI).

Já Erdogan elogiou a Trump, a quem felicitou por seu "legendário triunfo" nas eleições presidenciais de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos