EUA farão o "necessário" para ajudar Venezuela a se recuperar, diz Trump

Washington, 18 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou nesta quinta-feira que fará "o que for necessário" em cooperação com outros países do continente para "recuperar" a situação humanitária na Venezuela, o que classificou como uma "desgraça para a humanidade".

"Faremos o que for necessário. Trabalharemos com outros para fazer o que for necessário para ajudar a recuperar isso (a crise econômica e humanitária na Venezuela)", disse Trump em entrevista coletiva após se reunir com o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, na Casa Branca.

Trump disse que, do ponto de vista humanitário, a situação vista na Venezuela é algo que não se vê a bastante tempo. Mais tarde, destacou que um problema similar não existe "há décadas" no mundo.

O presidente republicano revelou que conversou com Santos sobre a Venezuela durante o encontro entre eles no Salão Oval da Casa Branca. Segundo Trump, ambos comentaram o fato de a Venezuela ter sido um país muito rico e que agora está sendo abalada pela pobreza.

"Foi gerenciada incrivelmente mal durante bastante tempo. A situação para melhorar o país e eles usarem os recursos que dispõem. O que está acontecendo é verdadeiramente uma desgraça para a humanidade", afirmou Trump depois da reunião.

"Uma Venezuela estável e pacífica está no interesse de todo o hemisfério. Os EUA estão do lado de todos que desejam ser livres em nosso grande continente", completou Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos