Atentado a agência bancária no Afeganistão deixa 7 mortos

Cabul, 20 mai (EFE).- Pelo menos quatro insurgentes, dois policiais e um civil morreram e outras 31 pessoas ficaram feridas durante um atentado a uma filial bancária neste sábado na província de Paktia, no leste do Afeganistão.

A ação insurgente contra uma filial do Novo Banco de Cabul, na cidade de Gardez, começou por volta das 14h30 (hora local; 7h de Brasília), e terminou duas horas depois com todos os criminosos mortos, afirmou à Agência Efe o porta-voz do Governador de Paktia, Abdullah Hasrat.

O porta-voz também disse que o ataque começou quando um dos insurgentes detonou os explosivos que carregava junto ao corpo, abrindo passo para que os outros três entrassem na agência e iniciassem o tiroteio com policiais.

Ainda segundo Hasrat, dois destes policiais morreram na troca de tiros, e o diretor do Departamento de Saúde Pública da província, Sheer Mohammad, afirmou à Efe que um civil também morreu.

"Outros 31 civis feridos foram levados a um hospital", acrescentou Mohammad.

O presidente do país, Ashraf Gani, condenou o atentado pelo Twitter.

"É um cínico ataque contra os afegãos que tentam viver as suas vidas e fazer negócios", declarou.

Por enquanto, nenhum grupo insurgente reivindicou a autoria do ataque. Desde o fim da missão de combate da Otan, em janeiro de 2015, os insurgentes ganharam terreno em diversas partes do país e, atualmente, controlam, têm influência ou disputam com o governo o controle de pelo menos 43% do território nacional, segundo dados dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos