Atentados deixam mais de 30 mortos e 50 feridos no Iraque

Bagdá, 20 mai (EFE).- Pelo menos 31 pessoas morreram na noite de sexta-feira e outras 50 feridas em dois atentados suicidas ocorridos em Bagdá, capital do Iraque, e em Basra, no sul do país, cuja autoria foi assumida pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Segundo uma fonte do Ministério do Interior, em Bagdá, 18 pessoas morreram quando um suicida, dirigindo um carro-bomba, se chocou contra um posto de controle em Abu Dashir e, pouco depois, outro suicida detonou a carga de explosivos que carregava próximo a uma delegacia de polícia.

Este ataque duplo deixou 20 feridos, segundo informações da fonte, completando que diversos veículos e edifícios ficaram danificados.

No segundo atentado, na província de Basra, um suicida atacou, utilizando um carro carregado com explosivos, um ponto de controle das forças de segurança iraquiana, perto do campo de petróleo de Al Ramila.

Ao mesmo tempo, outro carro-bomba explodiu perto das instalações petroleiras. No total, 13 pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas.

Em um breve comunicado, o EI afirmou que o ataque de Dashir foi realizado por dois de seus combatentes identificados como Abu al Sahaba al Faluyi e Abu Yihlad al Yamili.

Na nota, cuja veracidade não pôde ser comprovada, o EI diz que os homens armados dispararam contra agentes de segurança antes de detonarem os explosivos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos