EUA pedem que Rouhani desmantele "rede de terrorismo" do Irã

Riad, 20 mai (EFE).- O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, pediu neste sábado que o recém-reeleito presidente do Irã, Hassan Rouhani, que desmantele a "rede de terrorismo" do país e que interrompa os testes de mísseis balísticos.

"Desejamos que Rouhani, agora que começa um novo mandato, que o utilize para iniciar um processo de desmantelamento da rede de terrorismo do Irã", disse Tillerson, que está na Arábia Saudita acompanhando o presidente dos EUA, Donald Trump, em sua primeira viagem internacional.

O chefe da diplomacia americana pediu que Rouhani "desmantele o financiamento da rede terrorista, o abastecimento e a logística disponibilizada a essas forças desestabilizadoras que existem na região", em referência ao grupo xiita libanês Hezbollah, aos rebeldes houthis no Iêmen e às milícias que lutam na Síria ao lado das tropas leais ao presidente do país, Bashar al Assad.

"Também desejamos que o Irã encerre os testes de mísseis balísticos", completou Tillerson, em uma entrevista coletiva conjunta com o ministro de Relações Exteriores da Arábia Saudita, Adel al Yubeir.

Além disso, o secretário de Estado pediu a Rouhani que "restaure os direitos de liberdade de expressão e liberdade de organização dos iranianos, para que eles possam viver a vida que merecem".

Por sua vez, Al Yubeir não quis avaliar a vitória de Rouhani nas eleições iranianas e se limitou a dizer que se trata de um assunto interno. No entanto, destacou que a Arábia Saudita tomou decisões conjuntas com os EUA para "pôr fim às violações de direitos humanos do Irã".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos