Maduro convoca "grande marcha" pela paz na Venezuela

Caracas, 21 mai (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, convocou para a próxima terça-feira uma grande marcha pela paz do país, mas condenou neste domingo a atuação da oposição.

"Convoco massivamente todo o povo da Venezuela às ruas na terça-feira, com uma bandeira tricolor da paz, da tolerância, do amor. A grande marcha do amor, a grande marcha da paz", disse o presidente em seu programa dominical na emissora estatal "VTV".

Maduro disse que a oposição criou "grupos de choque" para agir nas manifestações que sacodem o país há dois meses. A estratégia, segundo o presidente, "ameaça a vida de milhares de venezuelanos".

"Estamos diante de uma ameaça muito grave e só a união de quem ama esse país pode deter e derrotar essa ameaça. Não estou exagerando. Eles perderam todo o limite e o controle sobre a violência que geraram", acusou Maduro.

O presidente ressaltou que mais de mil lojas foram destruídas no país nos últimos dias. "É uma espiral de destruição, saques e violência da qual fazem parte os grupos e os partidos políticos da MUD (Mesa da Unidade Democrática, a aliança de oposição)", afirmou.

Maduro pediu que o Ministério Público e a Justiça unam esforços para condenar os que promovem violência e perseguição.

Os protestos favoráveis e contrários ao governo da Venezuela já provocaram a morte de 47 pessoas, além de centenas de feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos