Melania Trump e Brigitte Macron farão visita cultural durante cúpula da Otan

Bruxelas, 22 mai (EFE).- As primeiras-damas dos Estados Unidos, Melania Trump, e da França, Brigitte Macron, visitarão o Museu Magritte e uma marca de luxo especializada em couro na próxima quinta-feira, durante a estadia em Bruxelas por conta da cúpula da Otan, segundo a programação cultural organizada pelo governo da Bélgica.

Essa visita cultural não deve contar com a presença do marido da chanceler alemã, Angela Merkel, nem com a esposa do presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, de acordo com fontes diplomáticas.

Farão o papel de anfitriãs Amélie Derbaudrenghien, companheira do premier belga, Charles Michel, e Ingrid Schulerud, embaixadora norueguesa perante a Bélgica e esposa do secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, informou o serviço de comunicação belga.

Guiada pelo diretor-geral dos Museus Reais de Belas Artes da Bélgica, Michel Draguet, a visita começará no Museu Magritte. Enquanto os líderes aliados chegam à sede da Otan para a primeira cúpula com o presidente dos EUA, Donald Trump, seus cônjuges se irão à loja "da especialista em couro Delvaux, que foi fundada em 1829 e presume ser a casa de couro de luxo mais antiga do mundo.

De lá, sairão para jantar junto à rainha belga, Matilde, no Palácio de Laeken, famoso por manter estufas que nestes dias de primavera em Bruxelas estão em seu máximo esplendor.

A programação da visita terminará no palácio, pouco antes de Trump e a sua delegação deixarem Bruxelas à noite para comparecer à cúpula do G7 em Taormina, na Itália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos