Trump afirma a Rivlin que postura do Irã aproximou mundo árabe de Israel

Jerusalém, 22 mai (EFE).- O presidente dos EUA, Donald Trump, chegou nesta segunda-feira a Jerusalém a bordo do helicóptero Marine 1 e ao desembarcar, seguiu direto para a residência de seu colega israelense, Reuven Rivlin, a quem afirmou que a oposição ao Irã mudou a percepção que o mundo árabe tem de Israel.

"Chegamos da Arábia Saudita e nos trataram incrivelmente bem, com muito bons sentimentos para Israel. O que ocorreu com o Irã aproximou muitas partes do Oriente Médio a Israel e poderia dizer que isso é benéfico", disse Trump a Rivlin.

"Vi uma grande diferença de sentimentos para Israel de países que não o viam muito bem há pouco tempo. Aproximou muita gente e acredito que isto é realmente positivo", acrescentou.

"Cada desafio cria oportunidades", respondeu Rivlin.

"É um desafio e uma oportunidade. Existe uma grande oportunidade", disse Trump, que assegurou que as pessoas da região "já sofreram muito com sangue e mortes", acrescentou.

Segundo informaram os jornalistas que seguem a visita presidencial, trata-se dos primeiros comentários longos, espontâneos e fora de roteiro de Trump desde que iniciou sua primeira viagem ao exterior, que inclui paradas na Arábia Saudita, Israel, Palestina, Vaticano, Bélgica e Itália.

Após esta breve intervenção, ambos dirigentes deixaram a sala para manter uma reunião de trabalho, antes de retornar para um breve comparecimento de imprensa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos