Turquia apresenta queixa por violento protesto perante embaixada nos EUA

Istambul, 22 mai (EFE).- O Ministério turco de Relações Exteriores citou nesta segunda-feira o embaixador dos EUA em Ancara para apresentar uma queixa e pedir que investigue o violento incidente ocorrido na semana passada durante um protesto perante a embaixada turca em Washington por causa da visita do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

"Protestamos pela atitude agressiva e nada profissional exibidas pelos responsáveis da segurança com a equipe de guarda-costas do ministro, contrária às regras e hábitos diplomáticos", aponta um comunicado publicado no site do Ministério.

A nota acrescenta que enviou o protestou hoje "verbalmente e por escrito" e solicitou oficialmente uma investigação do incidente ocorrido em 16 de maio.

Segundo o Ministério turco, estas "debilidades de segurança" e o ocorrido não devem criar um obstáculos para os resultados da visita de Erdogan a Washington.

Manifestantes pró-curdos e seguidores de presidente turco se concentraram diante da residência do embaixador da Turquia em Washington, onde ocorreu um violento enfrentamento no qual 11 pessoas ficaram feridas.

As imagens do protesto mostram os guarda-costas do presidente reprimindo os manifestantes.

O Departamento de Estado dos EUA emitiu um comunicado sobre o fato, no qual também fez referência ao pessoal "de segurança turco", o que confirma que alguns agentes do Governo de Erdogan estiveram envolvidos no incidente.

Um dia após a visita de Erdogan, o secretário de Estado, Rex Tillerson, sublinhou que funcionários do Departamento de Estado se reuniram com o embaixador turco para apresentar uma queixa formal sobre o ocorrido.

O senador republicano americano John McCain inclusive chegou a dizer que o embaixador turco em Washington deveria ser expulso do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos