May diz que atentado de Manchester foi destinado a castigar famílias jovens

Londres, 23 mai (EFE).- A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse nesta terça-feira que a cidade de Manchester foi vítima de um ataque terrorista "monstruoso" destinado a castigar famílias jovens que foram ao show.

Em uma declaração ao país perante a residência oficial do 10 de Downing Street, Mai informou, ademais, que a Polícia acredita conhecer a identidade do autor do ataque, em que 22 pessoas perderam a vida, mas especificou que ainda não pode ser facilitada.

Segundo explicou, a Polícia e os serviços segredos do Reino Unido tratam de estabelecer se o autor do atentado atuou só ou como parte de um grupo terrorista.

"Sabemos que um único terrorista detonou um artefato explosivo perto de uma das saídas do local, elegendo deliberadamente o momento e o lugar para provocar um grande massacre e ferir e matar indiscriminadamente", acrescentou.

"Os terroristas nunca vão ganhar e os nossos valores, o nosso país e a nossa forma de vida sempre prevalecerão", acrescentou.

A primeira-ministra conservadora, que viajou para Manchester, acrescentou que este foi um dos piores "atentados perpetrados no Reino Unido e o pior no norte da Inglaterra".

Além disos, May apontou que a ameaça terrorista contra o Reino Unido se mantém "severa", a segunda mais grave e que significa que é muito possível que um outro atentado terrorista ocorra no país.

"Muitos adolescentes estão entre os 22 mortos e 59 feridos no ataque", lamentou a primeira-ministra.

May também destacou a resposta da polícia e dos serviços de emergência ao agir com "grande coragem" e seguindo as instruções que tinham recebido nos treinos prévios perante uma situação como a de ontem à noite.

Além dos 22 mortos, um total de 59 pessoas ficaram feridas e são atendidas em oito hospitais da chamada Grande Manchester, segundo as autoridades britânicas.

O ato violento ocorreu pouco após um show da cantora americana Ariana Grande, quando as pessoas estavam deixando o local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos