Polícia de Londres mobiliza mais agentes armados e pede colaboração

Londres, 23 mai (EFE).- A comissária-chefe da Scotland Yard, a Polícia Metropolitana de Londres (Met), Cressida Dick, pediu nesta terça-feira a colaboração da população do Reino Unido para evitar que os terroristas "espalhem o medo" e também anunciou a mobilização extraordinária de agentes, alguns deles armados, na capital britânica após o atentado em Manchester.

Em um pronunciamento para a imprensa, Cressida condenou o "terrível" ataque ocorrido ontem à noite na área externa da Manchester Arena, no norte da Inglaterra, no qual morreram 22 pessoas e outras 59 ficaram feridas.

A comissária-chefe informou que a Scotland Yard proporcionará "todo o apoio possível através da rede antiterrorismo, enquanto os investigadores trabalham sem descanso para compreender o que ocorreu".

"Na capital, mobilizamos agentes extraordinários de serviço enquanto os londrinos iniciam sua jornada de trabalho", revelou a comissária, que também indicou que essas medidas "continuarão durante o tempo que for necessário" e que "a mescla de agentes armados e desarmados tem como propósito oferecer segurança".

Cressida acrescentou que, enquanto os terroristas "querem espalhar o medo e minar o estilo de vida" ocidental, a polícia e a população devem "trabalhar lado a lado para evitar que isso aconteça".

"Nossos colegas da Polícia de Manchester e os seus serviços de emergência demonstraram enorme valentia quando correram para o local da confusão e do perigo", acrescentou a comissária-chefe.

Segundo a polícia, um terrorista suicida foi o autor da morte de 22 pessoas, entre elas crianças e adolescentes, ao fazer um artefato de fabricação caseira explodir perto da Manchester Arena.

O ataque ocorreu por volta das 21h35 locais (18h35 de Brasília) ao término de uma apresentação da cantora pop americana Ariana Grande.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assumiu hoje a autoria do atentado e afirmou em um comunicado, divulgado através do aplicativo Telegram, que um "soldado do califado" colocou "muitos pacotes-bomba" em várias concentrações de "cruzados" na cidade britânica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos