Putin condena atentado e reitera cooperação na luta contra o terrorismo

Moscou, 23 mai (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, condenou nesta terça-feira o atentado de ontem à noite em Manchester, em uma mensagem à primeira-ministra britânica, Theresa May, em que reiterou a disposição de Moscou para incrementar a cooperação com Londres na luta contra o terrorismo.

"Condenamos energicamente este crime cínico e desumano. Acreditamos que seu organizador não evitará o castigo que merece", escreveu Putin a May, segundo a Presidência russa.

Putin confirmou a disposição da Rússia de aumentar a cooperação com seus parceiros britânicos na luta contra o terrorismo, tanto nos planos bilateral como no marco de amplo esforço internacional.

O chefe de Governo russo transmitiu palavras de condolência e apoio às famílias das vítimas do atentado terrorista, além de mensagens de pronta recuperação aos feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos