Rajoy condena atentado de Manchester e expressas condolências por vítimas

Madri, 23 mai (EFE).- O presidente do Governo da Espanha, Mariano Rajoy, condenou nesta terça-feira o atentado suicida de Manchester (Reino Unido) no qual morreram 22 pessoas, entre elas vários adolescentes, e expressou suas condolências pelas vítimas.

"Condeno o ataque de Manchester. O meu pesar às famílias das vítimas que morreram e os meus desejos de pronta recuperação aos feridos", escreveu o presidente do Governo espanhol em sua conta no Twitter.

Segundo a polícia de Manchester, além dos 22 mortos, 59 pessoas ficaram feridas depois que um suicida detonou uma bomba de fabricação caseira no final de um show da cantora americana Ariana Grande na Manchester Arena.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos